Odes - Outras Escrituras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Odes - Outras Escrituras

Mensagem  Admin em Seg Maio 23, 2016 1:47 am

<p align="center"><strong><strong><font color="#a99338" size="5" face="Tempus Sans ITC">O Livro dos Odes e Salmos de Salomão<br></font><br><img src=image/jpeg;base64,/9j/4AAQSkZJRgABAQAAAQABAAD/2wCEAAkGBhQRERUUExQVFRUVFxgYGRgWGRoUGBgYGBcVGhUUFRgaHCYeFxokGhcUHy8gIycpLCwsFx4xNTAqNSYrLCkBCQoKDgwOGg8PGiwcHyQpLCksLCksKSwsLCksLCksLCwsLCkpLCwpKSwpLCwsLCksKSwsLSwsLCwsLCwpLCwpLP/AABEIAMIBAwMBIgACEQEDEQH/xAAcAAACAwEBAQEAAAAAAAAAAAADBAACBQYBBwj/xAA+EAABAwIDBQYEBQMDAwUAAAABAAIRAyEEEjEFQVFhcQYigZGh8BMysdEUQlLB4Qdy8SRiohUjMxZjgpLi/8QAGQEAAwEBAQAAAAAAAAAAAAAAAAECAwQF/8QAJhEAAgICAgEFAAIDAAAAAAAAAAECESExAxJBBBMiUWGB8HGR0f/aAAwDAQACEQMRAD8A+O5LRx9hQO9/VDzKJDCfEC8NVDlSUCLGoqfEXsJzA7Oa9wzEwb2S0MR+IV4XLqKWyKA/LPUkpg/DZ8rQOgCnugpnJ08K92jXHwKZ/wCi1YLiA0DiQumGIlZO2NoZu6D3R6lJTt0huNGbQ2a52gnothnZckAgkHfKL2dqZGOLogkRfgL9Ny0T2gpN3z0us5zldItRVWV2bsH4ZmZWw2jGgCw6nagflY49bJer2gqu+UNHqsn3ZXxHtuYTOxwJ4HyI/lYtLY4Ks7GVi4F5kcN3WN/imjUcRHvx+y6OLCMpvJhY3C5HW9OvFPbPxzWs70l0xAtPAk7v4RMRhM0EWI0/kLM+GWZpbII8jNj9R4qpKxROpweBfWgOPd/ToPHj4rWr0qeHYXOIAA1+i5nZ23slE5rkEtA3wAI6m+vJZ79puxFRvxZLG3DG6eP7lc7hKTrSNl+ZZ2WwaHxz8Zwgfkbwb+o/7j9I5pbatAYqsMPTFmkl5+jf3PhxSjO2VRjS1tJgtAMmRzPFdZ2EwTPw/wAQGXPLsxOsg96Txm/iFEpdPl9aNHwzSytmIOz7actjdAP1K5DGMFImRN91vXgvpG3+7qbASV8/xL8zieseKfBNyyZzjWBOlXc8S2G9BJ8zKjsNxueZJKdxFNzHFpkFpgjmNxS/wydy6rMgDwAgtmTv6Jv8PxKZZSlkNseO/nHpdDlQ6EqWGcdRCbbQDVVji1xBaQIMnidys0ZgDry4KG2xg3942sEOrhhvPipicYGlKF76htomkxWUZiQ2xbJE3tx6KJluyxxK8V9oipiTXqFyI/CkITaZKrAqPcyrnTVDBA6nwRWYZu4EwYQJ4dCNytnZN2QdQfTVSjQHBCx9MgCDHSyJK0CdM0nYtjdSElV2q0m0nosz4Pii0qSy6o0tjZxziDu+qUiTCLUMeH13e+Sd2TsvOC4mBp14++apYRLyxcYfh91cUefvoFrYnAMa2xv1WbTbDgZ0PVZWaf4CNogbvfim8Pgy75Y84R69EOGaPW/ogYcEuhtlm2WWqbMP6gETCURl7z2gNtLiAPqn2bDc4SSYQcRsINcCQAOPvROE80RKItUxVICGlzubWwJ/ufAPqsoUqtNpf3TOsgP8QHDXot8Ydo5RvNj5n7LL2hjM5gaDQcTxuuhRshcnTRzbKTnuDQCST7svpOF/p9/oTVEU6lNpeXPsHCJc1x/LbQ7iE9/TnsMXuFZ0SSIBG7kt3tbiDj8S3ZuF/wDHTLXYl40tBFGfInnA3FcXP6i59IPW3+G3EnH5f6OB2D2Or41oewZWHe/u23kDU+SZp18TsmsadUf9t141a5ptnpnj/g7l91wWwqdCk1jWyGiPfFcH/VkU3YdtMgZ84LOIj5yOWUx1hcMfU+5ydKwz0oeoTXzqjgu0W1PjOyMMtsSRv4DpvVex+BpnGUzVEtYc0a5nD5RHCbn+3mh7IwLH16dOs40qRe0PdHytJA36bhO6ZNgvs+0f6dYRnwGYbDDv1mirUD3kspNa97zJdq4tazrUXqQ4k49LpfmzynL5WfGe1ZacdiHCIdVefFxknzlZL2e/dl2v9RuxzNn4hgpGpVFYOeGAZ6jYIBzER3TIhxjQjdK5b8HVMyKdIf7j8V/k3uz4qlFQSj9YJbvJnigTuQhVDXQHS7g3vH0WjU2Y38zn1P7jlb4Nb/KdwuxXvHcZlaY0GUfym5xSyCTZj0cOHGX5mkHR0CfWfOELE4R7rsc0N0iQOpJn3pvXUu7Iw2XO01tb6rB2vsxjXDJl0vHdOu9RHkjJ4NFBvDEsNsynPeqMceBMD+UziKbWWEeGizH0/CPIpzZlDVxGkROnULR3uwlBRKnEHgomHY9oUS/ggXwxBMFBfgslT/a7T9wiYBuYwtSrsx2WRffH2WmjNgaezGuBHuUvs2nke5j9devNOYfEDjdebSpRFQbtem/3yQIvjcKIzC0a9FnYlssIF991tYZwezqsPGYrISyDMxpx0unF+Af2U2fTBMOWw002NNha+g18VgUnmeBTdamQBO+fL/EqWslCrpceJN/ErZwoeGhotHs2CBsTCZ3yRYSfHh6roKbANw8fsFM34GhEbMc7j79UridnZOfT+V0DXHoP/rw8Utj8NIkT75lZWWjOwlUnu3A8yfLRM0MMKZvY+CQq1fgjMb3iOJv6aqlPbheRLQAP06+ZUuLlo0To7XZ9YEQUTGMzN+XRZuzcUARF9+9PbVNR1PuMcQdSLxyXPGORydHH7Sxdy0RA9Y3cP8K/ZXBsrVgXXaDoLkniQNwSG1KUZgbagysOlVLHBzSQ4GQRaCNIXptXGkcq3bPvHaHbrtnUm4egAcXWENaLmmDADnDjfTjC6r+nvZIYLDDMJqvJc9zruJOsnrK/NlHtBVbWFbNL5mTO7QTNoX3TsR/VrDVqNKi7M2sAQ5pv8oJlrvzAxyheTz+nlx8dLN7/AL9G/fsz6FtHFNpUnvccrWNc4k6AAEklfnjtB2iGOruq02Vau4QMtNoG4uNhxPVfUe3faQNphje98YZsrgHNyACzgbRoV8sxVWrinBoJIE8hAmTAsIg7t3ip9Dw3c6Cb6qjK2o2qGDO6kA62RkuMT+Z0ZddwJ5pzsx23xezmvbh6gDamrXtztB3OaDoY8DaQYCFtWgXU6IDCHNaRpOcZiZFrkZo32AWeMM4DvMeGyJOUmBvMdF6T+ODNZOowWOrV6bqtV7nvqlxe90Eugw1s6AADQWCBjcJXN6dNjgB3i52UWmdbQBeSV52OxoY59Oe652ZueGkC8k3hpiLTuXTYzDYfPFR/xabhlzMz/DDjbvWAf1v9VjNuL0XGmedjcHSrURVqU3UydC4tfTdfVtRuh/2kA9bw9tXbVGi05LkeAC5DawqYSuwYUOOEb335Sx1Mkg5i4taC0iYh0mzYNgtTsztPDVKT3OZGKpnM5tXvAgujPSsBEkaiRa5lcs+O/ntfX/TeMq+OhfEfiMRMAtY787rN/wDiNXfTmlmbHo0ruJqO4u05wN3qi9q+2Q+VpuOHhIXC43b73zeJXRxcc5L6MpSSf2O9oDSynJ3XA7ib8oSW1Nsh5bkBaMjARM3A70cplZpJdqi0cGXdF3KKSyYOTYDMVFojZa8TtCyUwlUsqXXY4SqHs5LkTQzDmtTY20Sww7Q+iWwZo4rAXkLynDmlq0SARIWZi2lveb/npzUk2LbFrAF1M6tNum5NbQwTXQ6NPvI9VlYqrDhVb0d09/RN0sUSOMo/SjOxjMr5CJiHzrwA8zJ+keKmLowpQpZnAa6aeX7K/wBBGtszuMByiDrPeJ57gAtNmIadTHp6BZ1ZsDTTQCfDRXYDE6eizaCzWo1G7r+Q5am6ZdSBG4/8v4C511cgWANTc0GJ6Fw/ZazWVSwS8AkCWk5o5TvWU415LizJ2zhDUBbOXeJ3ETuHL6rD2Zhs9QszNbBgumZv+UWv1W1tfZdV7T3wRGmg+yzdkYFzJDmtg2MuEbiDa/AoWI7L2zS2ltI0HBjReBcmY4ADetrsl2oruqtp1Gh1MyJy5S0wSDwOmnis/aGPwzw5tRrnln5g0kG18rm6RfVAdtEU/wANWo5QazHUnsMgB7HACpF4zW04FQuPuqrJopxSydj2ipUqze9TDrEGwB8Dqvm1bsrVBcWNzNGka8tdbLrGU69VsOcGzH/jBBFxPeJPRdFsfZ8NyucSeJ1m2tlPH24lREqkfIMVsirTGZ9N7RMS5pF+F0PDYl9JzXtJDm3H7joZM9V92bsjPLDlP+1wsd8g3yzPTog4Ps7QpPziixrj3T3crm5o4Wg8fDetH6hJZRHT6Od2S9+ObUrOzZm/Cpw4QWt+HmjkJJPqhtYaBZVgmm+k35Ru+GabhF7h8tJ1mYXQDFfgsU91Qf6fFkMLv0VqQLW5urY/5LRx2wX0XOrCkcThakvexkF7C6M1SmNHA6mPHis48ihVeSmr2fOe0+1vjUqIBDMgAzXvwI/TMTZYuI2riXN71d7mfL85McAvr+E7J4DEt/0mKpgO1o4hjagB/sfDh1E9UHF/0ua0TUr4Okwfopx4958AraXKq7SRCjWEfLtiYB1V4iRqSeR0J9V0eLoYj4dNwyvD4Nn/AA9LzBbl+UBs+S1Tg6Tc1LCkvmz624DfB3ngFq7N2YX1Q2kYFJhJMB0EtytbB1kZjHALGfN5NIwOSos/GVCcZhmNpOIGag5za1NrRAgg5asQ2z2uOsQlP6g4h5cHYd9P8NTaGtLXtDi4iHl1KzmvJNxlsBuuvp2Bx9MNgBuWwa8w3PYzAgQQQbf4XNdoOxlDFvDj3C8HJUaAc2WxbIMEjgbxosI8yU7lhI1fHaqOz4w9xdqUXC4NzjDRK6jFdhzSeWveLcoJ4b9ETD4HIS0TAGgtI0krv96LXxyc3tu8mTh9lgGXT5RfhCbNIBN1sJmm553HDolKndsZPIcuJSUrG1RT4Y9lRUL+XqPuoqJEsJW0TWMw9s7dRr91j4d0HktmhXtBWhLG9nbTIbBPQpl2KB1hc3XqZHkA2m3LkljiC43noihG5VrUzIkCUHZ9Qtlh3adFjfD5Jym9oa0hwLm6jlvAn3ZFDNfGw9kixHryS9CrkIPvghODzBc5jBrkMl5HOAQ23GEjiHZzBFhYRccyjrQJm2dsw/KSACJnnwK8O2mgGDmPAA/VZ2FwjeCebQaNyzbiWkwf4qkanxDTeXAiJOUSNDEp07equ0Y1o5kn7KuDAnffSwEJx2Hm8Cyhyj5RSTFC+s7VxAPCG/z6oVPBhp0E8TLj6p3BONQunQRbz+yriAcxAMRoAJJsL9Pslf8AAJWEoNLrQYTlbAl9AUHfIKnxQRZzTlywDGlyepWbhcW4SJvcXjUfVarWE6ndwPA7h1CzcpJ2maKKNvZlAgAStrDYY27wb9fUrlsELwSfLr9z5rfwVNpA+byE6CdTxaCuac5m0YQ8m9hqDBc1B1kLRikQM1QGARe9tSNOQK56lgqbbnMBvlzQN28+O/cr/wDVsOwQ0F5nRji7dBBNm6c+K5JKb02bRUFs6d9DDkQ/K4awW5hM5piI1E9QncPVp0mgMe2mwaaU2AyLXgCSQuGxXaSqRFHDU2nc6o5z455RAOp1O9fNO1dLEvf/AKio52pANmD+1ohrfAJ8Xpp8jqUqMuScUvij7rtvDYJzpxbaDjvzBoqEdWw8pB+ytkUicuGe4g6CniHi3Au7hHOYXwnZvaOvhzDTmZvY/vDw3t8CvqmyNqsrUmmXkOYA3vES2Za0xo5jgWzusumXHycMabtMxXXk/BjaW0s7jTpUxh2D9Qbnv+ikzf1Ktsqs6lIpBwgnNnI7zoAPxJI37xcZR0XO9su1Fei+lUptPcnM752kEfnBEOaRmBnmr9nu13xg9wAknT9HCDdxAnrbeTKXty6dvBaku1G7iKxdVLvhh17kuu2G2IabtEzBgTquY/8AVDMJ8VpY803VQ3uk5ab2h8lsgw8ENm8ESIgAjbzy6SXuc4Aulri0C8WAibwCDF0F+yWPqFzKbSYEvIEhxOk3vktxEjoqhWpIUvwydp4ypWDXOyGBIyix0vJv9OixqbHlwdlsddOh3z4clqYvCuwriHD/ALLjqDIpuPAbmH0KUrnKZ3H5hy4hbRSSxolu9iuQ5rR6fRK7SpWnh7j3wTGKbcOaMrYAMd7TfbfzQTVLgQbxvAtyutV9kMzPxjP1KJHEYNmY2Ou5wH7KLopGIrFlPxDogL1i9AImI8VYFDh5GbcNep0VX+7q9KoYIJgHUDeq1y0/KCIQCwQSYARML3KrXOE5SHQd8EGEtMFEqXQnTHPOUPVqDS5zhVaQ6YnMHX3ERE6745oYqA2AkcdL8fr7CTbG+fBemp4DgPqeKtuyDawrNE2GePJY+GxsBPYbHy7guaUWapo1WEA7oB4df3KIcW0cfDek837W6ZUN8NsXfuY+qwo0G9mVQHviw/k/ynq+V24FYeFcQTDSZ8OKb+LVj5R6laNGaDurBhFwOHomjtEAXeB+/uQsHG4uoAdAeQ+6z8PUJdcknncpe3eSu9HS1NtfpzHr3R9JRcJtys8wH5emvmVkUcQWmDET7Pvgi0sEWEkOs7dodeXks3GKNFdZOlw5m9RxceLjPlOi28NVkDK0nnGUc9VzWDqgfK2DxNvGdVr0MWT+cnkwek3/AGWM0OLNljHjVzWDdvJ84H1Se0MHRxAyvbUqOHyuH5Z4Ewz6ryiO9IY0THecZcfDdbmju78guc4AxDe6BpM6T5rHTs0tPBg0+wLHOJLoG4WLvGLJzZmyjQzUS6xJfTd+l35h4wD4HitamzKbADmLnnPovMZSLxIPeFweYTfJKWGxKMVothqv4lhzBzHNfDoNrRxPykboXObd7Jmk78RgwGvbd1IaOHFo3Hlod3AvYfHObUDhAa85XgyACN493BXR0wCJsfdlabhlEvJymwO1zXtmBr3mGxniDqD7PE9G7aWGptqVQRBu+8wSAO9Jtu+q4rtpgqNOt8dhgmzmsIGd17zu0MkfWUv+B+Lh6b3EVKBkNbTlrKb9XtcNfiifmfJNiJauhcUZLtoyc2sHu0u3QqvDWtlhJDi4dwtNiS3V9t5heVAKZDZmk/8A8TzeP/bcePApnZWwsNTaCR8VxJ+bQcsotPVaePotqsLHRBFgLabxwhW3HSQsnPsqhvdce7u5H7JWrQ7w1y6cAOHgmaYDHBlTvEaH9Y3HqEvia7ZgC3PTknp4H4AGm0aT6qKU8S2AoqyTg5tr4VnEnQn3yVm0vJEbTXQZgqdGTPmrlnBGDRu0XjjCVgKVaa9o0i7QJgGdy9w7yHWSsrwKFhFoVfhlbLcNmJNhKq5zRIaNBqbCwmBzR2FRmjDE8k3g9mmZBv73Jqmz/AGnVO0GndA9VDkOijcC53zOPQW+iLTwTG9VemeJJPvgjUzwaAOdvos22MlNxBgAnrYJppMw4t6R90k8z+Zx5NH7/wAo1C18viTJUSRSK7SwgIkLmyzK6OC7F4BC5zbOHggjp9k+KXgJLyWNwHeB9+9U1TcXMgOgjfErNwdTcdCm8JUymJ3wf2/f0TkqZUXao0sNV5SbXdoVqUcUbR/x+6xS7QxPUndodE3SxXF3g0eysmrGbTXFt+6zm45jfWN28pqnirWzPPGA2eegCyKWJtZoB4uMn34r12Jk/M4ng2w9Pus2rKRr1NpkfM5jOned6+O5enHlxgB0cT3fQ3Kyfjn8oaOcSfeiuyq7eSfQeQUOJQPFuLXGfldryO5yJi9qVHYWoAX52fo1I3eEa9Cq1jmF1nfiTTdPD1bvHVaQIkjDwdCpiqozzlbruDW743SfVdI+kMMc2GiSA2pRdLmVmi+V41B3hwgjUEFDa9pJIjKDPdGpIEu67kellHCeEX810uTZjQKQ9hq0JLRapSef+5SPB4EZmG8PFtxymyqwsdDs7mxFjeL8Tu5lL4hjs+djiyq2QHDgRBa4b2kGCDMoIrfFccjclUCXUwZDr3dRnVv+y5F9RpVWToPtKmXDKZMaPGs/qWT8bNZ3zDXgeDgnmOD7SQRztaNB+yXxeEzmWu7zdCBu4c0L6GZlTDXN1EQ4oD5pB3iCotCbBQqvvYewiVG8vK6tSpEawiyitKjA+n7oj6Y4BeuqDqgvxBCQC1YxML3AVJ6yhVQfBX2dqQVS0Jm1SpSLqV8IDMSA7UCIP23K+HNlerRDmwZ8LLJvI0LBmURp6olPXQnqvDTyi1h5leDxPogY210C5A6X3IjGjmTp3t6BSNtR4K7CDfKSeLlLAO06ftorQemmt0F7uLo5DVVa7g09XfypoZo07jVZ21MPIKLRJm7p5DcrV7hRVMrwc7SsmHu0PG3v3uQsZTh08VelcQt5ZRMXTHqlTugwXHQgIjCQL931SWDqaj37+yODHL1KzNGPU39T10HO6M2tz8GifD0KRknn108k3SuIJPhZQ0A0zEWv3fG/8L3453AnmbD7+iC0bxb6rx2JjiTyup6hYcPMyT4DT1SmNaTBF0ZjnO1Eequ42TSphdmdQqFpjdcjrckfunWieUnfeOGvl5LPxbYMaTccjuTDaudoOh3xuO+/ULbZmFquBMTO7d+yDXwodwBHyukhzSNHA6gzdeObO/TWfNXce8L2ITQgGIqOe8CqWioTapZrah3Z9zHk79DN41NqVQtJDgQ4Egg205cVSrjqZaQ3vzYxpfeRwshzlGV8lm547z6e4B366fLUbp0WmyQtVrCTIE+H3UQTRqbm5hAILRmBBEggjWy8S6isyzWQ3YhLlxKq4KigwqqxCBT1TrR3bIEwbKcC/NWY2CD4FMCl714Kz8OI3+4+wSsbGsILJrLaEnhKicJWbBAKrSI00vqI5c0FzepUxGI70BpP08FV1TnHRFDGaBjgFdzxzd0StNw4eav8Sd/l90DD57WgKpIOpJPkELNxFhxP7K/xOAlIAjHxpZFmUqMx4DpdGotgb/G6loaEto05CUoFaeKZIWV8roVx0S9h3AgyN/19/VMivaffRL6hWoAHW+/7pMvaD0sTeAmqdZ3IeqTyAaGPZRaT/ZSaQhxjhNwXfQJgVBMSBbxStJ40knp4qwaReA0cdSpoBl1YBUbiQTY/bzS4yk73fT7KPcdSQ0cr+pRSCy2MGYWWYaxbcePXj75J3MIMT1O9ZuLsZ3b1pAlh6dc/q9CjmtaJ13R/KyadGoSct4RxgqvILbqRY8xjQBAAIEc1Sk8kXgHkf4QKez3mz3W3ga/wrnZxJnO4D3vRQrKOoU5//UKKHZTeLj5lROgsyS5UJUhQuUlnjVoUVnh107hnW6IYMMHO5r2pSIEn3qrNxQ3XV31JadNDHRSOymGqQnPiSs1jrjmnqRRJUyUVqE8/fFCHl9Uatoem+yUw2KnqRpEXvI5pUMK0X080y1h3nysg50amSd0dUhlw0cLqxK8yCbkmNw8OCYa2LACPLySCwAk6N87emqYpMO8r1w138lA68WF/NJistVpghYmOpRddA1tuKy9o0tURwxsz6NREzwfWEu0wUy4TCuSHFjAPr015rwRvuhMfINvBe03uMyIhTQ2N0nH+0I7Xh3Fx5+4CQEcyimseiVCHJdvgDgEGQIIGY8f3VA+N5PW6WxGPDd90JANOq8UjiqgSNfHkmwjqlH1J1MrVQJbNHDYsNIM20PTitsAeH18dSuRpvut7ZeKluU6jTp/C0og0wZ6cNB4qr3e/4Qs3+VC6EhFy4c/NRBdV6ecLxAHOm6kKziqnhxSNCFHw9z1QQ3kr03R4JMDSbRsICMykY0vfghUaiYfiOCnIjOqSHQdx+v8AlO4cpDFul0+9/wDC0MMQrkJF6mFzjUjp7ulqeCDXGbkG0bxrcDnxWrTYqVqd7TpuF+ZnyWd0ULZT0HNWZ4n0CgdwHn6e+ahn8zoHKyBDJsLkNHJSmBuDjO86eqlGPytvzsiune4N6fdICrp3uyjl6X96qjHj8jZ5nTzN16C2O6Jnj4cdP8rwsOpdA5fdABqT3TeI4DpxQMc2yswgadPcqmJeISoDEr2Kux1lWvqhtqLSrAcolWe++k/RInFxogvxkpdR9jSdio3wl6mNnQSkDiOA81RziVagT2GamKO90cgljV4LxtOUVuHV0kKwJJVm0iU02iAiNYgQszCrU2bQIuNDqkH4lo0v9PNBfjXkZZtwFh9ygDbxG0WM3yeAusyvtdx07o5a+aQlRFAemoovIUTAb+FZQgLwvJXgYsjRkc9RpUJAVs1kANYd6OaqTouv1TYCQC9czoj4Z1gqVGtaL8usle0TBVMk1qMwrVW24lUpVpFleo4OaQZHRZsaBDmfJVI4CTx/lCohrZiXHiRH+Fd9Wd8IGFa+IJMdFU1BMgEkbz90IQq1a0J0IcNQneqmqAs2ptADf5JSptAnRPqI0q2P4JGpj+JSL6s6qtO5VKAWHfi53IZJKs2mrhiqqFYsCSvRTTPwQiNYmIVGHRW0EbKo9wb8xjlvQBUMViIuTA5papjv0jxOqWc4m5MoAbfjAPlE8zp5Jd9Uu1M/TyQ16mBCpC9hRAEUheqQgDyFF7CiAGt3gqv3KKLI0KO/f9lYKKJiQSnqE+xRRIbKNYO9YfMhYfUqKKvBA9S0KsCoooZRWodOqAw298VFEgLUz9T9SkMY85olRRUtgKlVqFRRWSetVmahRRUIZCu3QqKKRklWGiiiBEqnukrLlRRNARRRRMCL0L1RAEXq8UQB6o7RRRAHoC8UUQB//9k=" width="229" height="174"></strong><br><br>A seguir, o livro apócrifo intitulado “Odes de Salomão”.<br>O Autenticismo se baseia na Palavra de Deus para sua fé, e não recomendamos a leitura dos apócrifos como base de fé. Leia atenciosamente, retendo o que é bom.</strong></p> <div> <a name='more'></a></div> <div>Salmo de Salomão 1<br><br>1. Clamei ao Senhor Deus na minha tribulação até o fim, no Deus que provê os pecadores<br>2. Imediatamente escutaste o clamor de guerra diante de mim , eu disse: "ele me atenderá", "cumprirei a justiça"<br>3. Ponderei no meu coração: "cumprirei a justiça na minha prosperidade, e ao ter muitos filhos”;<br>4. A riqueza deles será distribuída por toda a terra, e a glória deles até os confins da terra;<br>5. Exultarão até dizerem das estrelas: "certamente não cairão"<br>6. Também tornaram-se insolentes devido a seus bens, mas não suportaram.<br>7. os seus pecados são secretos; e eu, ele não viu?<br>8. As suas iniquidades estão sobre eles mesmos; os povos grandemente profanaram o santuário do Senhor.<br><br>Salmo de Salomão 2 - Sobre Jerusalém.<br><br>1. Quando desdenharam o pecador, com aríete deitou abaixo o muro fortificado, e não impediste.<br>2. Subiram em cima do teu altar, os povos estrangeiros pisaram com sandálias arrogantes.<br>3. Porque os filhos de Jerusalém (Jl 3.6) contaminaram o Santuário do Senhor, profanaram malignamente o dom de Deus.<br>4. Devido a estas coisas disse: "lançastes a vós mesmos longe de mim; não tenho prazer em vocês".<br>5. A beleza da glória dela foi desprezada; diante de Deus foi desonrada até o fim.<br>6. Os filhos e as filhas estão em maligno cativeiro, seus pescoços selados são notórios às nações.<br>7. Conforme seus pecados lhes fez, porque os abandonou nas mãos dos vencedores.<br>8. E desviou o seu rosto da misericórdia, do seu jovem e do idoso, e dos seus filhos continuamente; porque fizeram mal continuamente para não escutar.<br>9. O céu irritou-se, e a terra se horrorizou deles, porque todo homem não fez tanto quanto se faria por ela.<br>10. E a terra saberá todos os teus justos juízos, Deus.<br>11. Os filhos de Jerusalém foram um escárnio diante das prostitutas; todo aquele que passasse por ela entrava perante o sol.<br>12. Desdenharam as suas iniquidades, conforme faziam diante do sol expunham publicamente ao ridículo suas injustiças.<br>13. E as filhas de Jerusalém profanaram, conforme o teu juízo diante das que se contaminaram a si mesmas na confusão de relacionamentos.<br>14. Aflijo o meu ventre e minhas entranhas por eles.<br>15. Eu te reconheço, Deus, com retidão de coração; porque nos teus juízos está a tua justiça.<br>16. Porque retribuíste os pecadores segundo suas obras, e segundo os seus mui malignos pecados.<br>17. Desvelaste os seus pecados a fim de que se manifeste o teu juízo; apagaste a sua memória da terra.<br>18. Tu és o Justo Juiz, e não bajulas ninguém.<br>19. E os povos insultaram Jerusalém; quando pisar, destruirá a sua beleza desde o trono de glória.<br>20. Pôs saco no lugar da roupa de gala, corda sobre suas cabeças no lugar de coroa. <br>21. Removeu a mitra de glória a qual vestira nela; Deus lançou por terra na desgraça a sua beleza.<br>22. E eu vi, e implorei a face do Senhor, e disse: "Pesa abundantemente as tuas mãos sobre Jerusalém, no ajuntamento das nações".<br>23. Porque zombaram e não pouparam, em ira e furor com ressentimento; e foram exterminados, se não tu, Senhor, os repreenderias na tua ira.<br>24. Porque não foi no zelo que fizeram, mas na concupiscência da alma, para derramar a ira deles sobre nós com roubo.<br>25. Não demores, ó Deus, a retribuir-lhes pelos chefes, para falar arrogantemente ao inimigo em humilhação.<br>26. E eu não demorei até que Deus me mostrou o seu orgulho: feriram sobre os montes do Egito o insignificante desprezado, sobre a terra e o mar.<br>27. Seu corpo está espalhado sobre as ondas na orgulhosa cidade, e não era enterrado, porque o desprezou em humilhação.<br>28. Não considerou o que é o homem, e não considerou o futuro.<br>29. Ele disse; "Eu serei senhor da terra e do mar", e não reconheceu que Deus é grande, forte em seu grande poder.<br>30. Ele é rei sobre os céus e o que julga reis e príncipes.<br>31. O que me levanta em glória e deixa no túmulo os arrogantes para destruição eterna em humilhação, porque não o reconheceram.<br>32. E agora vede, grandes da terra, o juízo do Senhor; porque é grande rei e o que julga retamente ao que está abaixo do céu.<br>33. Louvai a Deus os que temem o Senhor em sabedoria, porque a misericórdia do Senhor está sobre os que o temem com juízo.<br>34. Para distinguir entre o justo e o pecador (Ml 3.18), para retribuir aos pecadores conforme as suas obras para sempre.<br>35. Para ter misericórdia do justo livrando-o da humilhação do pecador, e para retribuir ao pecador pelo que fez ao justo.<br>36. Porque o Senhor é bom para com os que o invocam insistentemente, para fazer aos teus santos conforme a tua misericórdia, para firmar por tudo diante de ti em poder.<br>37. Bendito seja o Senhor para sempre diante de seus servos.<br><br><br>Salmo de Salomão 3 - Sobre os justos.<br><br>1. Que adianta morrer, alma, e não bendizer o Senhor? Um novo hino entoai a Deus em louvor.<br>2. Canta, pois despertei ao teu despertar; porque o bom salmo a Deus provém de um bom coração.<br>3. Em tudo os justos lembram do Senhor, ao confessar e reconhecer os juízos de Deus.<br>4. O justo que está sob a disciplina do Senhor andará prudentemente; a sua boa vontade em tudo está diante do Senhor.<br>5. O justo tropeçou e reconheceu o Senhor; prostrou-se e admira o que Deus lhe faz, contempla ao longe de onde vem a sua salvação.<br>6. A verdade dos justos está junto de Deus seu Salvador, não habita livremente na casa do justo pecado sobre pecado.<br>7. O justo vela por sua casa em tudo, para afastar a injustiça na sua transgressão.<br>8. Expia os erros com jejum, e humilha a sua alma; e o Senhor purifica a todo o homem santo e sua casa.<br>9. O pecador tropeçou e amaldiçoa sua vida, assim como o dia do seu nascimento e as dores de parto da mãe.<br>10. Adiciona pecados sobre pecados à sua vida; prostrou-se, porque o seu cadáver é mau, e não será ressuscitado.<br>11. A perdição do pecador é eterna, não será lembrado mesmo que observe os justos.<br>12. Esta é a parte que cabe aos pecadores para sempre. E os que temem ao Senhor serão ressuscitados para uma vida eterna, e a vida deles está na luz do Senhor, por isso não morrerá. <br><br>Salmo de Salomão 4 - Aos que respeitam o homem.<br><br>1. Para que tu, ó profano, permaneces no sinédrio dos justos? Mas o teu coração tem se afastado para longe do Senhor, com ofensas irritas o Deus de Israel.<br>2. Abundante em palavras, abundante em sinal sobre tudo é o duro em palavras, para condenar os pecadores em justiça.<br>3. E a sua mão é proeminente sobre ele, como em zelo; e ele é responsável pela diversidade de pecados e pela falta de domínio próprio.<br>4. Seus olhos estão sobre todas as mulheres indistintamente; a sua língua falsa está em pacto mediante voto.<br>5. À noite e em secreto peca, como que não visse com seus olhos; fala à toda mulher com abundante obras malignas; é rápido em receber toda a família com alegria, como se fosse inocente.<br>6. Para que Deus afaste os que vivem em hipocrisia com os santos, e à sua vida que está na corrupção da sua carne e em miséria.<br>7. Deus desvelou as obras dos homens bajuladores, com mofa e escárnio desvelou as suas obras.<br>8. Que os santos reconheçam o juízo do seu Deus ao apartar os pecadores da face do justo e aos bajuladores que falam da lei com dolo.<br>9. E os seus olhos estão sobre a casa do homem estável, como serpente dispersando sabedoria uns aos outros com palavras ilícitas.<br>10. As suas palavras são enganos para o ato do desejo iníquo; não se afasta até conseguir dispersar como em privação.<br>11. E desolou a casa devido aos desejos ilícitos, ludibriou com palavras, porque não pertence às montanhas e lírios.<br>12. Nisso encheu-se de ofensa, e os seus olhos estão sobre casa alheia para arruinar com palavras provocadoras.<br>13. Não se farta a sua alma; é como o Sheol que está em todos estes.<br>14. Seja, Senhor, a parte dele com a desgraça diante de ti; sua saída seja com gemidos, e a sua entrada com maldição.<br>15. Em dores, miséria e perplexidade esteja a vida dele, Senhor; seu sono seja pesaroso, e o seu despertar desesperado.<br>16. Seja roubado o sono de suas têmporas à noite; caia em desgraça toda a obra de suas mãos.<br>17. Venha à sua casa com a mão vazia, e seja a sua casa carente entre todos; não fartará a sua alma.<br>18. Abandonada e sem filhos seja a sua velhice, quase à morte.<br>19. Sejam dilaceradas as carnes dos bajuladores por feras, e fiquem os ossos ilícitos diante do sol em vergonha.<br>20. Que os corvos firam os olhos dos fingidos, porque desolaram muitas casas de homens em desgraça, e dispersaram em concupiscência.<br>21. E não se lembraram de Deus, e não temeram a Deus em tudo isso; e expulsaram e irritaram Deus.<br>22. Para afastá-los da terra, porque interpretaram as suas almas inocentes enganosamente.<br>23. Bem-aventurados os que temem ao Senhor; na sua inocência o Senhor os livrará dos homens fraudulentos e dos pecadores, e nos livrará de todo o escândalo ilícito.<br>24. Para que Deus aparte os que fazem arrogantemente toda injustiça, porque o Senhor nosso Deus é Grande e Forte Juiz em justiça.<br>25. Seja, Senhor, a tua misericórdia sobre todos os que te amam.<br><br><br>Salmo de Salomão 5<br><br>1. Deus, louvarei o teu nome com regozijo, no meio dos que conhecem os teus justos juízos.<br>2. Porque tu és benigno e misericordioso, o refúgio do pobre; ao clamar a ti não te silencies para comigo.<br>3. E não tomará despojos do homem forte; e quem tomará de todas as coisas, das quais fizeste, se não deres?<br>4. Porque o homem e a sua parte estão contigo guardados; não retribuirás em demasia com teu juízo, ó Deus.<br>5. Ao sermos oprimidos te pediremos por socorro; mas não rejeites a nossa súplica, porque tu és o nosso Deus.<br>6. Não peses a tua mão sobre nós, para que não pequemos devido ao sofrimento.<br>7. E se não te afastares de nós, não nos afastaremos; mas a ti iremos.<br>8. Se estiver com fome, a ti clamarei, ó Deus, e tu me saciarás.<br>9. Tu alimentas os passarinhos e os peixes, quando dás chuva aos desertos para sair a relva.<br>10. Preparas alimento no deserto a todos os viventes, e se estiverem com fome a ti erguerão suas faces.<br>11. Os reis, os poderosos e os povos tu alimentas, ó Deus também do pobre e do necessitado; e quem é a esperança se não tu, Senhor?<br>12. E tu atendes, porque quem é bom e gentil se não tu, que alegras a alma do humilde ao revelar a tua mão misericordiosa?<br>13. A benignidade do homem é pouca e passageira; e, se a repete sem murmuração, te espantas disto.<br>14. Entretanto o teu dom é abundante com benignidade e riqueza, o que é a esperança em ti; não faltará dom.<br>15. Sobre toda a terra está bondosamente a tua misericórdia, Senhor.<br>16. Bem-aventurado aquele que se lembra de Deus na simetria da auto-suficiência; se demasiadamente abundares, o homem peca.<br>17. Suficiente é a moderação da justiça, e nisto está a bênção do Senhor, para satisfação na justiça.<br>18. Que se regozijem os que temem ao Senhor nos benefícios, e a tua benignidade esteja sobre Israel no teu reino.<br>19. Bendita é a glória do Senhor, porque ele é o nosso Rei.<br><br><br>Salmo de Salomão 6 - Em Esperança.<br><br>1. Bem-aventurado o homem cujo coração está pronto a invocar o nome do Senhor; ao lembrar o nome do Senhor, será salvo.<br>2. Os seus caminhos serão dirigidos pelo Senhor, assim como o trabalho de suas mãos é preservado pelo Senhor seu Deus.<br>3. A sua alma não será confundida por visões de sonhos maus; quando atravessar os rios, e rugirem os mares, não se espantará.<br>4. Levantou-se do seu sono e bendisse o nome do Senhor; na firmeza do seu coração louvou o nome do seu Deus.<br>5. E suplicará perante a face do Senhor por toda a sua casa, e o Senhor atentará à oração de todos os que temem a Deus.<br>6. E toda a petição da alma terá esperança; para ele o Senhor realizará. Bendito seja o Senhor, que faz misericórdia aos que o amam em verdade.<br><br><br>Salmo de Salomão 7 - Sobre conversão.<br><br>1. Não habite longe de nós, ó Deus, para não vir sobre nós os que nos desprezam sem causa.<br>2. Porque os rechaçarei, ó Deus; não pisem os seus pés na tua Santa Herança!<br>3. Tu, pela tua vontade, nos corrigirá; mas não dês a gentios!<br>4. Mas se enviares morte, tu a ordenas acerca de nós.<br>5. Porque tu és misericordioso e não te indignarás para nos destruir.<br>6. Enquanto habitar o teu nome em nosso meio, alcançaremos misericórdia, e não prevalecerá sobre nós o gentio.<br>7. Porque tu és o nosso grande escudo; nós te invocaremos, e tu nos atenderás.<br>8. Porque tu terás compaixão do teu povo de Israel para sempre, e não o desprezarás.<br>9. Nós estamos debaixo do teu jugo eterno e do açoite da tua disciplina.<br>10. Tu nos diriges no tempo dos teus auxílios, a fim de ter misericórdia de Jacó por dias, naquilo que os prometestes.<br><br><br>Salmo de Salomão 8 - Para Combate.<br><br>1. Perigo e voz de guerra ouviu o meu ouvido, voz de trombeta altissonante, de massacre e de destruição;<br>2. Voz de muito povo como de vento impetuoso, como tempestade, muito fogo trazido através do deserto.<br>3. Eu disse em meu coração: "Aonde então Deus o julgará?"<br>4. Escutei uma voz proveniente de Jerusalém, Cidade Santa.<br>5. O meu rim foi quebrado pela notícia; meus joelhos ficaram paralisados; meu coração temeu, meus ossos ficaram agitados como linho.<br>6. Eu disse: "seus caminhos serão dirigidos em justiça"<br>7. Considerei os juízos de Deus, a partir da criação do céu e da terra; reconheci Deus em seus juízos que são eternos.<br>8. Deus desvelou os seus pecados ante o sol; toda a terra conheceu os justos juízos de Deus.<br>9. Suas ofensas estão nos lugares ocultos da terra; com ira se misturaram o filho com a mãe, e o pai com a filha.<br>10. Seduziu cada um a mulher do seu próximo; firmaram um acordo mediante voto por estes.<br>11. Dilaceraram os santos como se não fossem a herança redimida.<br>12. Pisaram o altar do Senhor; com todas as impurezas e pela separação do sangue contaminaram o sacrifício como fosse carne profana.<br>13. Não isentaste o pecado que não foi feito devido às nações.<br>14. Por isto Deus lhes misturou um espírito errante (a); deu-lhes a beber da taça do vinho sem mistura, para embriaguez.<br>15. Trouxe os dos confins da terra (b), os que golpeiam mortalmente; julgaste a guerra sobre Jerusalém, e a sua terra.<br>16. Vieram ao encontro dele os governantes da terra, com júbilo lhe disseram: "abençoado seja o teu caminho, eia, vinde em paz".<br>17. Aplainaram os caminhos rochosos à tua visitação; abriram os portões sobre Jerusalém, coroaram seus muros.<br>18. Saiu como um pai à casa dos seus filhos com júbilo, firmou seus pés com grande segurança.<br>19. Capturou os seus palácios e os muros de Jerusalém, porque Deus o trouxe com segurança no seu erro.<br>20. Fez perecer o chefe deles, e a todo o sábio em intenção; derramou o sangue dos habitantes de Jerusalém como água imunda.<br>21. Conduziu os filhos e filhas seus, que geraram, em cativeiro<br>22. Fizeram conforme as suas imundícias, como seus pais contaminaram Jerusalém e ao que havia sido consagrado ao nome de Deus.<br>23. Justo é Deus em todos os seus decretos, em todos os gentios da terra; e os santos de Deus são como ovelhas inocentes no meio deles.<br>24. Louvado é o Senhor, Juiz de toda a terra, em sua justiça.<br>25. Vê, certamente Deus nos mostrou o seu justo juízo; os nossos olhos viram o teu juízo, Deus.<br>26. Reconheci o teu nome eternamente precioso, porque tu és o Deus da Justiça, Juiz disciplinador de Israel.<br>27. Deus tornará a sua misericórdia sobre nós, e terá compaixão de nós.<br>28. Ajunta o Israel disperso por misericórdia e benignidade, porque a tua fidelidade está conosco.<br>29. E nós endurecemos a nossa cerviz, e tu és o nosso disciplinador.<br>30. Não nos desampare, nosso Deus, para que não nos traguem os gentios como se não fôssemos redimidos.<br>31. E tu és o nosso Deus desde o início; em ti está a nossa esperança, ó Senhor.<br>32. E nós não nos afastaremos de ti, porque bondosos são os teus juízos sobre nós.<br>33. Para nós e nossos filhos seja a benevolência, Senhor; tu és nosso Salvador; nunca mais seremos confundidos.<br>34. Louvado seja o Senhor nos seus juízos, e na boca dos seus santos; e bendito seja Israel pelo Senhor para sempre.<br>(a) Is 19.14<br>(b) Dt 28.49<br><br><br>Salmo de Salomão 9 - Para repreensão.<br><br>1. Quando Israel foi levado em cativeiro a uma terra estrangeira, ao se afastarem do Senhor seu redentor foram expulsos da herança que lhes dera o Senhor.<br>2. Israel está disperso entre os povos segundo a palavra de Deus, para justificares, ó Deus, pela tua justiça das minhas iniquidades.<br>3. E não escondas do teu conhecimento todas as obras iníquas, e as justiças de teus santos estão diante de ti, Senhor; e aonde se esconde o homem de teu conhecimento, ó Deus?<br>4. As nossas obras estão na eleição e capacidade de nossas almas, a fim de fazer justiça e injustiça pelas obras de nossas mãos; e pela tua justiça examinas os filhos dos homens.<br>5. O que pratica justiça entesoura a sua vida ao Senhor, e o que pratica injustiça ele próprio é responsável pela perdição da alma; e os justos juízos do Senhor são conforme o homem e a família.<br>6. Em quem mostrarás beneficência, ó Deus, a não ser aos que invocam o Senhor? Purificarás a alma pecadora que confessar sua redenção; é uma vergonha para nós e nossos rostos em toda a parte.<br>7. E a quem repelirás pecados, a não ser aos que pecaram? Abençoarás os justos e não te agradarás dos que pecaram, mas a tua bondade está sobre os que pecam com arrependimento.<br>8. E então tu és Deus, e nós o povo que tu amas; vede e tem compaixão, ó Deus de Israel, porque somos para ti; e não apartes a tua misericórdia de nós, para não ficares contra nós.<br>9. Porque tu escolheste a semente de Abraão dentre todos os povos, e puseste o teu nome sobre nós, Senhor; não repudies para sempre.<br>10. Fizeste uma aliança com nossos pais acerca de nós, e teremos esperança em ti quando nossa alma se converter.<br>11. Do Senhor é a misericórdia sobre a Casa de Israel para sempre e sempre.<br><br><br>Salmo de Salomão 10 - De Salomão.<br><br>1. Bem-aventurado o homem de quem o Senhor se lembra com convicção; será rodeado pelo caminho do mal com açoite, para ser purificado dos pecados e para que eles não se multipliquem.<br>2. O que tem a retaguarda preparada, por açoites será purificado; o bondoso Senhor é para os que preservaram a disciplina.<br>3. Estabelecerá os caminhos dos justos, e não se desviará no ensino; a misericórdia do Senhor está sobre os que o amam em verdade.<br>4. E o Senhor será lembrado pelos seus servos em misericórdia; e o testemunho na lei da Aliança Eterna é o testemunho do Senhor acerca dos caminhos dos homens na visitação.<br>5. Justo e Santo é o nosso Senhor em seus decretos para sempre, e Israel com regozijo louvará o nome do Senhor.<br>6. E os justos confessarão na assembleia do povo, e Deus no regozijo de Israel terá misericórdia dos pobres.<br>7. Porque bondoso e misericordioso é Deus pra sempre, e as sinagogas de Israel glorificarão o nome do Senhor.<br>8. Do Senhor é a salvação sobre a casa de Israel, para eterno regozijo<br><br><br>Salmo de Salomão 11 - Para Espera.<br><br>1. Tocai em Sião a trombeta de aviso dos santos; anuncia em Jerusalém a declaração dos que anunciam boas novas, porque Deus se compadeceu de Israel na sua visitação.<br>2. Esteja, ó Jerusalém, na altura, e veja: os teus filhos são congregados desde o Oriente e do Ocidente pelo Senhor de uma vez por todas.<br>3. Do norte vêm, no regozijo de seu Deus; das ilhas distantes Deus os congregou.<br>4. Humilhou a alta montanha pelo seu aplainamento; os montes desaparecerão ante a entrada deles.<br>5. Os bosques os cobrirão com sua sombra, ao passarem Deus lhes levantará toda a árvore frondosa,<br>6. Para que Israel passe adiante na visitação da glória de seu Deus.<br>7. Vestindo Jerusalém os ornamentos da tua glória, prepara o manto da tua santidade, porque Deus falou bem acerca de Israel para sempre e sempre;<br>8. Fazendo o Senhor o que havia falado sobre Israel e Jerusalém, levantando o Senhor a Israel pelo nome da sua glória<br>9. Do Senhor é a misericórdia sobre Israel para sempre e sempre.<br><br><br>Salmo de Salomão 12 - Em língua ilícita.<br><br>1. Senhor, salva a minha alma do homem fraudulento, do mal, da língua bajuladora, do murmurador e do que fala mentira e falsidade.<br>2. De uma forma ou de outra mudarás as palavras da língua do homem mal, assim como no povo o teu formoso fogo incendeia.<br>3. A sua estadia incendeia as casas que estão com língua enganosa, remove a árvore da alegria, põe fogo ao que não está conforme a lei, derriba as casas que estão em conflito de línguas murmurantes.<br>4. Deus remove a língua ilícita do inocente em perplexidade; dispersa dentre os que temem ao Senhor os ossos dos murmuradores; a língua murmuradora é afastada dos santos com fogo flamejante.<br>5. Guarda, Senhor, a alma mansa que odeia os injustos; e o Senhor dirige o homem que em casa é pacífico.<br>6. Do Senhor é a salvação sobre Israel, seu servo, para sempre, e sejam libertos os pecadores da face do Senhor ainda, e os santos do Senhor herdem a promessa do Senhor.<br><br><br>Salmo de Salomão 13 - Consolação dos Justos.<br><br>1. A destra do Senhor cobriu-me; a destra do Senhor poupou-nos.<br>2. O braço do Senhor nos salvou da espada transpassante, da fome e da morte dos pecadores.<br>3. Uma besta maligna nos acometeu, com seus dentes arrancaram a carne deles; e com molares quebraram seus ossos;<br>4. mas de todas essas coisas nos livrou o Senhor.<br>5. Perturbou-se o piedoso com suas iniquidades, a fim de que não seja apanhado juntamente com os pecadores;<br>6. por causa da terrível destruição do pecador; mas nenhuma destas coisas tocará o justo.<br>7. Porque não é semelhante a disciplina dos justos na ignorância à destruição dos pecadores.<br>8. Secretamente o justo é disciplinado, a fim de que o pecador não se regozije no justo.<br>9. Porque ele instruirá o justo como um filho amado, e a sua disciplina como um primogênito.<br>10. Porque poupará os seus santos, e suas iniquidades removerá com disciplina.<br>11. Porque a vida dos justos é para sempre, porém os pecadores serão levados para a destruição, e não será encontrada mais a sua memória.<br>12. Mas a misericórdia do Senhor está sobre os santos, e sua misericórdia está sobre os que o temem.<br><br><br>Salmo de Salomão 14 - Hino de Salomão.<br><br>1. Fiel é o Senhor as que o amam verdadeiramente, para os quais ele mantém sua disciplina.<br>2. aos que seguem em justiça dos seus estatutos, na lei a qual nos ordenou para nossa vida.<br>3. Os santos do Senhor viverão nele para sempre; o paraíso do Senhor, a arvore da vida são os seus santos.<br>4. A plantação deles será firmada para sempre, não serão arrancados todos os dias do céu.<br>5. porque a porção e a possessão de Deus é Israel.<br>6. mas não é assim com os pecadores e transgressores da lei, os que amam o dia da partilha de seus pecados.<br>7. Insignificância podre é o desejo deles; não serão lembrados por Deus.<br>8. Porque os caminhos dos homens são conhecidos na presença dele em tudo, assim como os segredos do coração antes de acontecerem.<br>9. Por isso a possessão deles é o Sheol, e trevas e destruição; e não serão encontrados no dia da misericórdia dos justos.<br>10. mas os santos do Senhor herdarão vida em júbilo.<br><br><br>Salmo de Salomão 15 - Salmo com ode.<br><br>1. Na minha tribulação invoquei o nome do Senhor; esperei pelo socorro do Deus de Jacó, e fui salvo, pois esperança e refúgio dos humildes és tu, ó Deus.<br>2. pois quem é forte, ó Deus, se não te louvar verdadeiramente? e o que pode o homem, se não louvar o teu nome?<br>3. um novo salmo com canção, com júbilo do coração, fruto dos lábios com instrumento musical dado pela língua, a primícia dos lábios proveniente de um coração santo e justo.<br>4.o que fizer estas coisas nunca será confundido pelo mal; fogo flamejante e ira dos injustos não o tocarão.<br>5. quando vier sobre os pecadores da parte da face do Senhor para destruir toda a confiança dos pecadores.<br>6. porque é o sinal de Deus sobre os justos para salvação.<br>7. fome, espada e morte estão longe dos justos; porque eles fugirão dos santos como os perseguidos da guerra.<br>8. Mas eles perseguirão os pecadores e, e os atacarão; e os que cometem iniquidade não escaparão ao julgamento do Senhor.<br>9. Como por experientes em guerra serão agarrados, pois a marca da destruição está sobre suas testas.<br>10. mas a herança dos pecadores é a destruição, e as trevas; e as suas injustiças os perseguirão até o Sheol logo abaixo.<br>11. A herança deles não será encontrada pelos seus filhos, mas os pecados farão uma desolação da casa dos pecadores.<br>12.e os pecadores perecerão no dia do julgamento do Senhor para sempre, quando Deus visitar a terra como seu juízo.<br>13. mas os que temem o Senhor alcançarão misericórdia neste dia, e viverão na piedade de seu Deus; mas os pecadores perecerão por um tempo eterno.<br><br><br>Salmo de Salomão 16 - Hino para Proteção dos Santos.<br><br>1. Quando a minha alma adormeceu por um pouco me precipitei abaixo do Senhor, devido aos que adormecem longe de Deus.<br>2. por um pouco minha alma foi derramada para a morte, próximo às portas do Sheol, com os pecadores,<br>3.quando minha alma foi retirada do Senhor Deus de Israel, se o Senhor não tivesse me socorrido com a sua eterna misericórdia.<br>4. Picou-me como o aguilhão fere o cavalo para a sua vivacidade, meu salvador e protetor em todo o tempo salvou-me.<br>5. Louvar-te-ei, o Deus, porque vieste ao meu socorro para salvação, e não me contou com os pecadores para destruição.<br>6. Não retires a tua misericórdia de mim, o Deus, nem a tua memória de meu coração até a morte.<br>7. Guarda-me, o Senhor, do pecado danoso e de toda a mulher maligna que faz o insensato tropeçar.<br>8. e que a beleza da mulher ímpia não me engane, nem nada do pecado imprestável.<br>9. Guia as obras de minhas mãos no teu caminho, e proteja os meus passos na tua memória.<br>10. Minha língua e meus lábios reveste com palavras verdadeiras; ira e desejo impensado coloca longe de mim.<br>11. Queixume e desencorajamento na tribulação afasta de mim; quando disciplinas, é para conversão.<br>12. Mas com bom favor e alegria sustentas a minha alma; quando fortaleces a minha alma, satisfaz-me com o que dás.<br>13. Porque se não fortaleceres, quem suportará a disciplina na miséria?<br>14. quando condenas a alma a mãos corruptíveis, é a tua provação na sua carne e na tribulação miserável<br>15. ao suportar o justo estas coisas, alcançará misericórdia do Senhor.<br><br><br>Salmo de Salomão 17 - Salmo com ode ao Rei.<br><br>1. Senhor, tu mesmo és o nosso Deus para sempre, pois em ti, o Deus, nossa alma se regozija.<br>2. Mas qual é o tempo da vida humana sobre a terra? Tal qual o seu tempo, é a sua esperança nele.<br>3. Mas nós confiamos no nosso Deus Salvador, pois a força de nosso Deus é eterna com misericórdia, e o reino de nosso Deus é para sempre sobre as nações em julgamento.<br>4.Senhor, tu escolheste Davi rei sobre Israel, e prometeste-lhe acerca de sua descendência para sempre, de que seu reino nunca iria te desapontar.<br>5. Mas devido aos nossos pecados, pecadores levantaram-se sobre nós, nos atacaram e nos expulsaram. Àqueles aos quais não deste promessa com violência nos roubaram, e não glorificaram o teu precioso nome.<br>6. Com glória puseram um rei por causa de seus proeminentes; desolaram o trono de Davi como preço da arrogância.<br>7. Porém tu, ó Deus, abate-os e remova a sua semente da terra quando o homem estranho a tua aliança se rebelar contra eles.<br>8. Pagar-lhes-ás conforme os seus pecados, ó Deus; sobrevenha-lhes de acordo com suas obras.<br>9. Deus não lhes mostrou misericórdia; procurou os seus descendentes e não os libertou de nada.<br>10. O Senhor é fiel em todos os seus juízos que executa sobre a terra.<br>11. O ímpio despojou-nos de habitantes; destruíram o jovem, o ancião e a criança ao mesmo tempo.<br>12. Na sua bela ira ele os expulsou para o oeste, e expôs os governadores da terra ao opróbrio, e não teve misericórdia.<br>13. O inimigo arrogantemente e com indiferença agiu, e seu coração era indiferente com relação ao nosso Deus.<br>14. Assim ele fez em Jerusalém todas as coisas que os gentios fizeram nas cidades de seus domínios.<br>15. E os assenhorearam os filhos da aliança no meio dos povos promíscuos. Não havia entre eles um que fizesse misericórdia e verdade em Jerusalém.<br>16. Aqueles que amam as sinagogas das santos fugirão deles como os pássaros fogem de seus ninhos.<br>17. Eles vagueiam nos desertos para salvar suas almas do mal. A alma salva deles era preciosa aos olhos do exílio.<br>18. Por toda a terra foi a dispersão deles causada pelos ímpios, por que o céu reteve a chuva de cair sobre a terra.<br>19. Fontes foram interrompidas, desde os permanentes dos abismos até aqueles nas altas montanhas, pois não havia um dentre eles que praticasse a justiça e o juízo.<br>20. Desde o governante deles até o menor do povo estavam em toda espécie de pecado; o rei em transgressão da lei, o juiz em desobediência, e o povo em pecado.<br>21. Veja, Senhor, e levanta-lhes o rei deles, filho de Davi, para reinar sobre Israel, seu servo, no tempo que escolheste, Deus.<br>22. Guarneceste-o com o poder para destruir os governantes injustos, para purificar Jerusalém dos gentios que a pisaram para destruir.<br>23. para expulsar com sabedoria e justiça os pecadores da herança; para abater a arrogância dos pecadores como a jarra do oleiro.<br>24. para quebrar com vara de ferro toda a substância deles; para destruir as nações ímpias com a palavra de sua boca.<br>25. para fazer as nações fugirem da sua face ameaçadora, e expor os pecadores pela palavra de seus corações:<br>26. E ele ajuntará um povo santo, a quem dirigirá em justiça. E ele julgará as tribos do povo santificado pelo Senhor Deus deles.<br>27. Ele não permitirá que permaneça injustiça no meio deles, e todo o homem que conhece a perversidade não viverá com eles. Por que ele os conhecerá todos como filhos do Deus deles.<br>28. E ele os distribuirá nas suas tribos sobre a terra; o peregrino e o estrangeiro não habitará muito tempo com eles.<br>29. Ele julgará povos e nações na sabedoria de sua justiça. (<em>Selá</em>)</div> <div>30. E ele terá nações gentílicas servindo-o debaixo de seu jugo, e ele glorificará o Senhor num lugar visível a partir de toda a terra. E ele purificará Jerusalém com consagração, como no início.<br>31. Virão as nações dos confins da terra para ver sua glória, trazendo como dádivas seus filhos que tornaram-se totalmente debilitados, e para ver a glória do Senhor com a qual o Senhor a glorificou.<br>32. E ele será um rei justo sobre eles, instruído por Deus. Não haverá injustiça no meio deles nos seus dias, pois todos serão santos, e seu rei será ungido do Senhor.<br>33. Porém ele não confiará no cavalo, nem no cavaleiro e nem no arco, nem multiplicará seu ouro e sua prata para a guerra, nem a muitas nações estreitará as esperanças para dia de guerra.<br>34. O próprio Senhor é o seu rei, a esperança do forte. Mediante a esperança em Deus mostrará misericórdia a todas as nações que estiverem diante dele em temor.<br>35. Pois ele golpeará a terra com a palavra de sua boca para sempre, ele abençoará o povo do Senhor com sabedoria e júbilo.<br>36. E ele próprio será purificado de pecados, a fim de governar um grande povo, para lançar ao opróbrio os governantes e remover os pecadores pelo poder da palavra.<br>37. E ele não enfraquecerá naqueles dias, graças a seu Deus, pois Deus o fará poderoso pelo Espírito Santo e sábio pelo conselho do entendimento, com poder e justiça.<br>38. E a bênção do Senhor será com ele em poder, e não será enfraquecido;<br>39. Sua esperança está no Senhor; quem, então, é forte o suficiente para ser contra ele?<br>40. Poderoso em ações e forte no temor do Senhor, pastoreando o rebanho do Senhor fielmente e em justiça, e não deixará nenhum deles cair doente em seus pastos.<br>41. Guiará a todos com equidade e não haverá entre eles arrogância que escravize entre eles.<br>42. Esta é a beleza do Rei de Israel que Deus conheceu, para elevá-lo sobre a casa de Israel e assim discipliná-la.<br>43. Suas palavras serão refinadas mais que o mais puro ouro. Nas sinagogas ele julgará as tribos do povo santificado. Suas palavras serão como palavras dos santos, no meio dos povos santificados.<br>44. Bem-aventurados são os que nascerem naqueles dias, para ver as beneficências a Israel, as quais fará Deus entre o ajuntamento das tribos.<br>45. Que Deus apresse a sua misericórdia sobre Israel; que ele nos livre das impurezas dos ímpios inimigos.<br>46. O próprio Senhor é o nosso Deus para sempre e eternamente.<br><br><br>Salmo de Salomão 18 - Ainda sobre o Ungido do Senhor<br><br>1. Senhor, a tua misericórdia sobre a obra das tuas mãos é eterna; a tua benignidade está sobre Israel mediante ricos dons.<br>2. Os teus olhos velam por elas, e nada lhes faltará; os teus ouvidos escutam a oração do pobre esperançoso.<br>3. Os teus decretos estão sobre toda a terra mediante a misericórdia, e o teu amor sobre a semente de Abraão, os filhos de Israel.<br>4. A tua instrução está sobre nós como sobre um filho primogênito e unigênito, para redimir a dócil alma dos pecados cometidos na ignorância;<br>5. Para que o Deus de Israel purifique para o dia da misericórdia na bênção, para o dia da eleição no reino de seu ungido.<br>6. Bem-aventurado os que nascerem naqueles dias, para ver os benefícios do Senhor, os quais ele fará às gerações vindouras.<br>7. Sob o cajado do ensino do ungido do Senhor, no temor de seu Deus, na sabedoria do Espírito, e da justiça e do poder.<br>8. Para dirigir o homem nas obras de justiça, em temor a Deus, para conduzir todos à presença do Senhor.<br>9. Geração justa, temente a Deus, nos dias da misericórdia. (<em>Selá</em>)<br>10. Grande é o nosso Deus, e glorioso o que habita nas alturas, o que ordena o caminho das estrelas no tempo oportuno dia após dia; e não desviou do caminho o qual as ordenou.<br>11. No temor de Deus estão os seus caminhos a cada dia, desde o dia em que Deus os criou até a eternidade.<br>12. E não foram desviados, desde o dia em que os criou; seus caminhos não seriam desviados das gerações antigas, se Deus não os tivesse ordenado na autoridade de seus servos.<font size="2"><font size="1"><font size="2" face="Verdana"><font size="1"><br><br></div></font></font></font></font>

Admin
Admin

Mensagens : 79
Data de inscrição : 22/05/2016

Ver perfil do usuário http://biblia.forumc.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum