Jesus Voltou! | O Apocalipse Segundo o Evangelho 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jesus Voltou! | O Apocalipse Segundo o Evangelho 2

Mensagem  Admin em Seg Maio 23, 2016 1:46 am

<p align="center"><strong>No estudo anterior você conferiu que os sinais do advento já aconteceram no primeiro século como todos autênticos&nbsp; cristãos previam. E a volta de Jesus? Ocorreu? Como?<br><br>&nbsp;</strong><strong><font color="#646b86" size="4"><font face="Californian FB"><a href="http://2.bp.blogspot.com/-bPmICiCqnrE/UDUzBvOGgNI/AAAAAAAABfY/TgJqsfAWj70/s1600/jesus-ascension2.jpg"><img style="" src="http://2.bp.blogspot.com/-bPmICiCqnrE/UDUzBvOGgNI/AAAAAAAABfY/TgJqsfAWj70/s320/jesus-ascension2.jpg" width="199" height="219"></a></font></font></strong></p> <a name='more'></a> <p align="center"><strong><font color="#646b86" size="4"><font face="Californian FB">2º Estudo: JESUS VOLTOU!<br></font></font></strong><sup><em>(O texto a seguir é de autoria de William Bell Jr., e pode ser conferido na íntegra no blog </em><em><a href="http://preterismo-completo.blogspot.com.br/2012/08/jesus-voltou-assim-como-ele-subiu.html" target="_blank">Preterismo Completo</a></em><em>, traduzido por Daniel Plautz e revisado por Tiago Moreira)</em></sup> <br><br><strong><sub><br></sub></strong></p> <p>Algumas passagens acerca da volta de Jesus parecem à primeira vista não se aplicar a 66-70 dC. Principalmente aquelas que aparentam (apenas aparentam) mostrar um retorno de Jesus em um corpo físico e visível. Essas são passagens são frequentemente abusadas pelos literalistas e futuristas para fundamentar sua crença nesse tipo de vinda de Cristo. Uma destas passagens é a seguinte: <p><i>Atos 1:9-11 - </i><i>Tendo ele dito estas coisas, foi levado para cima, enquanto eles olhavam, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos. Estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto ele subia, eis que junto deles apareceram dois varões vestidos de branco, os quais lhes disseram: Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.</i> <p>Portanto, queremos estudar três pontos importantes nesta passagem. <p><b>1&nbsp; -</b> A nuvem que vem <p><b>2&nbsp; -</b> O mesmo Jesus <p><b>3&nbsp; -</b> Da mesma maneira <p><b><u>Primeiro:</u></b> <p>A vinda de Deus nas nuvens no Antigo Testamento simbolizava presença divina em julgamento. Vemos isso quando o Senhor Deus veio Julgar o Egito em (Isaías 19): <blockquote> <p><i>Isaías 19:1 - </i><i>Profecia acerca do Egito. Eis que o Senhor vem cavalgando numa nuvem ligeira, e entra no Egito; e os ídolos do Egito estremecerão diante dele, e o coração dos egípcios se derreterá dentro de si.</i></p></blockquote> <p>Claramente, este é um texto que traz um sentido espiritual da destruição do Egito, mas também da real vinda do Senhor. <p>Deus veio numa nuvem para julgar o Egito, mas ele não estava vindo em um corpo físico ou nuvem visível! Da mesma forma foi o retorno do nosso de Cristo. A vinda de Cristo em 70 d.C. não foi nem em cima de uma nuvem física nem em um corpo físico. Ela também foi uma vinda espiritual, porém, real. <p><i>Mateus 24:30 - </i><i>Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.</i> <p><b><u>Segundo:</u></b> <p>A maioria dos estudantes da Bíblia concorda que a vinda de Cristo neste texto é literal, não-física, mas real e ocorreu antes que a geração do primeiro século passasse (Mateus 24:34). Eles também devem concordar que este era <b>o mesmo Jesus </b>que foi crucificado e que subiu na nuvem descrita na passagem de (Atos 1:11). Essas coisas são verdadeiras, então temos que concordar que nós tivemos uma vinda nas nuvens espiritual, real e verdadeira do mesmo Jesus. O julgamento de Deus sobre o Egito é bem similar ao que aconteceu com Jerusalém em 70 d.C. <blockquote> <p><i>Isaías 19:2-4 – </i><i>Incitarei egípcios contra egípcios; e cada um pelejará contra o seu irmão, e cada um contra o seu próximo<u>, cidade contra cidade, reino contra reino. </u>E o espírito dos egípcios se esvaecerá dentro deles; eu destruirei o seu conselho; e eles consultarão os seus ídolos, e encantadores, e necromantes e feiticeiros. Pelo que entregarei os egípcios nas mãos de um senhor duro; e um rei rigoroso os dominará, diz o Senhor Deus dos exércitos.</i></p></blockquote> <p><b><u>Paralelo</u></b> <blockquote> <p><i>Lucas 21:10, 20-24 – </i><i>Então lhes disse: <u>Levantar-se-á nação contra nação, e reino contra reino</u>;... Mas, quando virdes Jerusalém cercada de exércitos, sabei então que é chegada a sua desolação. Então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes; os que estiverem dentro da cidade, saiam; e os que estiverem nos campos não entrem nela. Porque dias de vingança são estes, para que se cumpram todas as coisas que estão escritas. Ai das que estiverem grávidas, e das que amamentarem naqueles dias! Porque haverá grande angústia sobre a terra, e ira contra este povo. E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos destes se completem.</i></p></blockquote> <p>É tempo de abrirmos os olhos de nosso entendimento (Efésios 1:18). Na verdade, Paulo exortou os efésios a usar o olhar da compreensão, a fim de saber qual seria a esperança da vocação deles. <p><i>Efésios 1:18 - </i><i>sendo iluminados os olhos do vosso coração, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos,</i> <p>Ao fazer isso, vamos começar a ver mais do que aquilo que é visível aos olhos físicos!&nbsp; <p><b><u>Terceiro:</u></b> <p>Alguém tem que manter a mesma forma do corpo para ser a mesma pessoa? Isto é o que se argumenta para um retorno de Cristo corpóreo e visível. No entanto, se este fosse o caso, faria da Bíblia uma infinidade de contradições. Vejamos por exemplo o texto de Apocalipse: <blockquote> <p><i>Apocalípse 1:9-17 – </i><i>Eu, João, vosso irmão e companheiro na tribulação, na realeza e na perseverança em Jesus, encontrava-me na ilha de Pat- mos, por causa da Palavra de Deus e do Testemunho de Jesus. No dia do Senhor fui movido pelo Espírito, e ouvi atrás de mim uma voz forte, como de trombeta, ordenando: Escreve o que vês, num livro, e envia-o às sete Igrejas: a Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia".&nbsp; Voltei-me para ver a voz que me falava; ao voltar-me, vi sete candelabros de ouro&nbsp; e, no meio dos candelabros, alguém semelhante a um filho de Homem, vestido com uma túnica longa e cingido à altura do peito com um cinto de ouro. Os cabelos de sua cabeça eram brancos como lã branca, como neve; e seus olhos pareciam uma chama de fogo. Os pés tinham o aspecto do bronze quando está incandescente no forno, e sua voz era como o estrondo de águas torrenciais. Na mão direita ele tinha sete estrelas, e de sua boca saía uma espada afiada, com dois gumes. Sua face era como o sol, quando brilha com todo seu esplendor. Ao vê-lo, caí como morto a seus pés. Ele, porém, colocou a mão direita sobre mim assegurando: "Não temas! Eu sou o Primeiro e o Último,</i></p></blockquote> <p>Foi essa a imagem vista do Senhor Jesus em (Atos 1:9-11)? Óbvio que não! O sentido do argumento de (Atos 1:9-11) é que assim como Jesus estava indo EM GLÓRIA, Ele retornaria EM GLÓRIA! O Apostolo Paulo fala algo importante: <blockquote> <p><i>2 Coríntios 5:16 - </i><i>Por isso <u>daqui por diante</u> a ninguém conhecemos segundo a carne; e, ainda que tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo <u>agora</u>já não o conhecemos desse modo.</i></p></blockquote> <p><b><u>Quarto:</u></b> <p>“Assim como” é um advérbio que não modifica ou descreve o substantivo Jesus como na aparência. Da mesma maneira modifica o verbo da frase <i>assim virá.</i> Portanto, é um abuso das leis da gramática usar “assim como” para se referir à aparência de Cristo. Gramaticalmente e contextualmente falando, ele só se refere a sua subida em uma nuvem. Assim, o retorno da mesma maneira quer dizer que ele voltaria em uma nuvem. E, para repetir, não há respaldo algum para uma nuvem física no retorno de Cristo. <p><b><u>Quinto:</u></b> <p>Para corroborar o argumento acima exposto, para que a frase “assim como” se refira a aparência corporal de Cristo, é necessário fazer da Bíblia uma contradição, e fazer dos escritores inspirados mentirosos. João estava presente quando Jesus subiu. Ele, juntamente com os outros apóstolos, viu a aparência física de Cristo, quando ele ascendeu ao céu. No entanto, cerca de trinta anos mais tarde, escreve ele: <blockquote> <p><i>1 João 3:2 - </i><i>Amados, agora somos filhos de Deus, e <u>ainda não é manifesto o que havemos de ser</u>. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; <u>porque assim como é, o veremos.</u></i></p></blockquote> <p><b><u>Sexto:</u></b> <p>Se alguém tentar discordar com o argumento, dizendo: “Sim, mas estamos falando de um corpo glorificado, espiritual e imortal” <p><b>Resposta</b>: O Senhor Jesus já estava em um corpo glorificado quando foi visto subindo em uma nuvem em Atos 1:9-11? Se isso fosse verdade, se ele já estava no mesmo corpo glorificado de seu retorno, então João estava delirando, pois ele viu o Senhor e agora diz que não tinha o visto como ele é! Isso, meus amigos, é um dilema que põe a inspiração de João em falsidade! Tal não pode ser. <p><b><u>Sétimo:</u></b> <p>A frase assim como (Hon Tropon) significa uma forma, maneira, moda, assim como. Léxico de Thayer, p.631. Esta frase é usada para expressar algo idêntico em forma de ação, ou resultados. Pedro faz uso de Hon Tropon para se referir ao processo idêntico em que ambos os judeus e gentios seriam salvos, ou seja, pelo evangelho (Atos 15:11). Outro exemplo mostra uma similaridade de identidade: <blockquote> <p><i>2 Timóteo 3:8 – </i><i>E <b>assim como</b> (Hon Tropon) Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.</i></p></blockquote> <p>Estes homens são aqueles que por sua magia resistiram a Moisés no palácio do faraó (Êxodo 7:11-12). Quando Paulo disse que <b>assim como</b> (Hon Tropon) alguns resistiram à pregação de Timóteo, os magos egípcios resistiram a Moisés e Arão. Obviamente, eles não eram mágicos atuando como atuaram os anteriores. Portanto, assim como se refere à rejeição do porta-voz de Deus, Timóteo, assim como no caso de Moisés. O termo não exige uma exibição literalista idêntica de magia e bruxaria. <p><b><u>Oitavo:</u></b> <p>E tendo em vista todo o exposto, esta parece ser a aplicação mais consistente desse termo “assim como” em (Atos 1:11). Ela não exige uma nuvem física ou Jesus de forma corpórea. <p><u><b>Nono:</b></u> <p>Insistir no ponto de ser idêntico se tornaria uma catástrofe bíblica. Por exemplo, a ascensão foi privada, a um grupo de onze homens, localmente confinado ao monte das Oliveiras, perto da cidade de Jerusalém (Atos 1:12). Para o evento ser literalmente nos mesmos moldes, exigiria um retorno em um local confinado e privado aos mesmos onze homens. (Ver J. Stuart Russell, A Parousia). Isso colocaria a vinda dentro de suas vidas, no primeiro século de sua geração. Fazer isso contradiz o retorno físico-visível-corpóreo de Cristo como alguns acreditam. <p><b><u>Décimo:</u></b> <p>O argumento de (Atos 1:11), onde Cristo vem na glória, descreve (Daniel 7:13-14). <blockquote> <p><i>Daniel 7:13-14 - </i><i>Eu estava olhando nas minhas visões noturnas, e eis que vinha com as nuvens do céu um como filho de homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e foi apresentado diante dele. E foi-lhe dado domínio, e glória, e um reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído.</i></p></blockquote> <p>Este texto constitui o plano de fundo de ambos os textos (Mateus 24:30) e (Apocalipse 1:7) os quais mencionam a volta de Cristo nas nuvens. O tempo para o cumprimento desta profecia é claramente durante os dias da besta de 10 chifres, conforme diz Daniel (7:22-24). Não é por acaso que a besta de dez chifres mencionada por Daniel aparece em (Apocalipse 13:1-2), é justamente o capítulo que antecede a vinda nas nuvens de um como o Filho do homem (Apocalipse 14:14), a formulação exata de (Daniel 7:13)! Assim, a vinda do Filho do homem sobre as nuvens de (Atos 1:11) é cumprida nos dias do império romano, nos dias do 4º reino da profecia de Daniel. Outra prova é o fato de que a prostituta, Mistério da Babilônia, senta-se sobre esta besta de 10 chifres. Mistério da Babilônia é Jerusalém, pois ela está bêbada com o sangue dos santos e o sangue dos mártires de Jesus (Apocalipse 17:06, 18:20-24). Ela iria experimentar a vingança de Deus por assassinar os santos, os profetas e Jesus. Este julgamento é, inegavelmente, o que acontece antes daquela geração passar. Jerusalém foi destruída pelos romanos no primeiro século (Lucas 21:20-22) cumprindo assim (Mateus 24:30) e (Daniel 7:13). Esta explicação satisfaz todas as exigências de (Atos 1:11). <p><u><b>Finalmente:</b></u> <p>(Atos 1:11) deve ser regido pelas declarações aplicáveis as passagens do retorno de Cristo. Retorno este, que tinha sido prometido para a geração do primeiro século, (Mateus 16:27-28;24:3-34). Estava perto, (Romanos 13:11-12; Filipenses 4:5, Tiago 5:8; 1 Pedro 4:7; Apocalipse 1:3; 22:6-12) e se cumpriu. Foi o mesmo Jesus que foi crucificado, e que também ascendeu, que voltou nas nuvens, (Apocalipse 1:7), nos mesmos moldes, ainda não visto fisicamente, mas espiritualmente discernido, em completa harmonia com a Palavra de Deus.</p>

Admin
Admin

Mensagens : 79
Data de inscrição : 22/05/2016

Ver perfil do usuário http://biblia.forumc.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum